Bem-vindos à Casa Ermelinda Freitas

Dona Ermelinda – FAZ PARTE DA HISTÓRIA DA SUA E DA NOSSA

A Casa Ermelinda Freitas dedica-se à produção de vinho desde 1920, os 445 hectares de vinhas estão situados em Fernando Pó, uma zona privilegiada na região de Palmela.

O solo destas vinhas que se localizam na zona sul de Portugal, é composto por areias muito semelhantes às areias de praia e muito rico em água, desempenhando um papel importante na maturação das uvas. A brisa envolvente dos rios refresca as vinhas durante os Verões secos, atribuindo suavidade e elegância aos vinhos.

É nestes solos arenosos que próspera o Castelão. No total são 29 castas plantadas por uma área do tamanho de 445 campos de futebol, e 12 milhões de litros de vinho produzidos por ano. Desde 1999 os vinhos da Casa Ermelinda Freitas, angariaram mais de 900 prémios nacionais e internacionais:

355 Medalhas de Ouro
390 Medalhas de Prata
205 Medalhas de Bronze

campanha-ad-4

Uma História de mulheres que arregaçaram as mangas para semear e colher as uvas que fizeram a Casa Ermelinda Freitas. Inspirada pelo empreendedorismo da mãe Ermelinda e coragem da avó Germana, Leonor Freitas modernizou a adega e apostou na imagem dos vinhos, transformando o nome de sua mãe, Ermelinda Freitas, numa marca de prestígio.

Numa entrevista à SIC, o diretor da Revista de Vinhos, Luís Ramos Lopes, diz mesmo que "Leonor Freitas é a Ferreirinha dos tempos modernos", numa comparação com a grande a empresária portuguesa do século XIX.

Já lá vão 4 gerações de mulheres, sempre mulheres, à frente da Casa Ermelinda Freitas, e Joana Freitas é a Sra. que se segue.


Enoturismo

A Casa Ermelinda Freitas sempre apostou no respeito pela tradição, mas modernizando, foi assim nas vinhas, na adega e será também na vertente do enoturismo. Com esta vertente cultural e pedagógica, a Casa Ermelinda Freita pretende trazer pessoas à adega, e dar a conhecer a historia da família.

"Pensamos que é essencial ligar o sector dos vinhos ao enoturismo, a vinha e o vinho são produtos de excelência turísticos para passarmos valores ligados ao que é o património cultural, transmitido através das diversas castas que temos plantadas (29 variedades), e também para transmitir a pedagogia de que o vinho é uma bebida saudável desde que integrado na alimentação e bebido com moderação." – Leonor freitas

Informação:

Degustação de vinhos Ermelinda Freitas com vista para o jardim de vinhas, almoços ou jantares com grupos de amigos num ambiente confortável, tão próximo de Lisboa mas tão diferente. Jantares e almoços com marcação prévia. As visitas custam 7,50€ por pessoa com prova de 5 vinhos acompanhados de produtos da região (queijos, chouriços e outras iguarias). Preços variam conforme o número de pessoas.


Casa de Memórias e Afetos Ermelinda Freitas

O Espaço museológico incluí um espaço dedicado às 4 gerações que deram origem a esta reconhecida empresa vitivinícola portuguesa, em Fernando Pó - Palmela.

A Casa de Memórias e Afetos Ermelinda Freitas está dividida em 5 espaços de exposição. Na primeira sala, os visitantes encontram uma referência à origem do topónimo Fernando Pó, a que se seguem textos e fotos relacionados com o percurso familiar e empresarial:

  • Leonilde da Assunção / Manuel João de Freitas
  • Germana de Freitas / Manuel João de Freitas
  • Ermelinda de Freitas / Manuel João de Freitas Júnior
  • Leonor de Freitas / Arménio Campos

Nesta mesma sala encontram-se expostos objetos pessoais de protagonistas, equipamentos e ferramentas relacionados com os trabalhos agrícolas em geral e vitivinícolas em particular. A área seguinte é sobre a atividade manual do trabalho no lagar da primeira adega da Casa, onde se podem observar os depósitos originais, equipamentos, os primeiros vinhos engarrafados e respetivos prémios. É aqui que podemos ver o espaço original onde se efetuou a destilação de aguardentes, com a respetiva caldeira, várias balanças, pesos e medidas, que completam a área expositiva. A Casa de Memórias e Afetos Ermelinda Freitas constitui uma das principais apostas da adega no desenvolvimento e promoção do enoturismo.


Garrafeira

Dona Ermelinda Tinto

dona-ermelinda-tinto-2

Clássico vinho Português, elaborado com base na Castas Castelão, e com Cabernet Sauvignon e Touriga Nacional, estagiou em madeira durante 6 meses para lhe conferir complexidade e elegância. Vinho de cor vermelho escuro, granada, aroma bem conjugado com a madeira, confitado, rico em frutos vermelhos muito maduros, bem conjugado com a madeira, cheio, complexo, com taninos muito redondos, final de boca prolongado e agradável. Temperatura ideal de consumo 16 - 18ºC


Dona Ermelinda Branco

dona-ermelinda-branco-1

Dona Ermelinda Branco é um vinho com uma excelente complexidade e intensidade de sabores que faz estágio durante 3 meses em madeira de Carvalho Francês e Americano. Composto pelas castas Fernão Pires, Arinto, Antão Vaz e Chardonnay, é um vinho rico e refrescante que possui uma cor palha esverdeado, aroma frutado intenso com notas a frutos tropicais e mel. Na boca apresenta-se cheio com grande equilíbrio entre os componentes acidez/açúcares/álcool/madeira. Final longo, persistente e agradável. Temperatura ideal de consumo 12 - 14ºC


Dona Ermelinda Reserva

dona-ermelinda-reserva

Clássico vinho Português, o Dona Ermelinda Reserva, é elaborado com base na casta Castelão com mais de 50 anos, e com um toque de Touriga Nacional, Trincadeira e Cabernet Sauvignon, estagiou em barricas de carvalho durante 1 ano, seguido de um estágio de 8 meses em garrafa, para lhe conferir maior complexidade e elegância, uma acidez fina e tanino polido. Apresenta-se um vinho de cor granada quase opaco, com aromas a lembrar frutos pretos, especiarias e fumo, com alguma compota devido à grande maturação atingida. Na boca é um vinho denso, cheio, com grande estrutura. Final longo persistente e muito agradável. Temperatura ideal de consumo 16 - 18ºC


Casa Ermelinda Freitas Moscatel de Setúbal

moscatel-de-setubal

O Moscatel de Setúbal, bebida com mais de 100 anos de origem, a doçura e a frescura típicas da casta moscatel, com o acrescento de complexidade proveniente do estagio de 5 anos em barrica de carvalho, torna-o um produto distinto e único. Com aromas a lembrar mel e casca de laranja, e de sabor muito intenso, acompanha bem pastelaria fina, doçaria Árabe, como pode servir de aperitivo. Temperatura ideal de consumo 12 - 14ºC


Casa Ermelinda Freitas Espumante Bruto

espumante-bruto

Os espumantes são sempre vistos como uma bebida de aperitivo ou de festa, mas por vezes quando bem elaborados também são uma boa bebida de sobremesa. A sua acidez crocante do permite ainda acompanhar carnes gordas, fazendo um equilíbrio excelente. Temperatura ideal de consumo 10 - 12ºC



Novidades:
  • Vinha da Valentina Premium Branco
  • Vinha da Valentina Premium Tinto
  • Vinha da Valentina Reserva Tinto
  • Vinha do Torrão Branco
  • Vinha do Torrão Tinto
  • Vinha do Torrão Reserva

Comments